Última hora

Última hora

Legislativas bielorussas chumbadas por observadores

Em leitura:

Legislativas bielorussas chumbadas por observadores

Tamanho do texto Aa Aa

Os observadores da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa consideraram que as eleições legislativas não foram transparentes, apesar de ter havido melhorias. No domingo, após o fecho das urnas, a oposição tinha-se manifestado numa praça de Minsk, por considerar que o acto eleitoral não foi democrático.

Em conferência de imprensa realizada na segunda-feira, os opositores voltaram a pôr em causa as eleições, através das quais o presidente da Bielorússia pretendia melhorar as relações com o Ocidente. “Uma parte da Europa esperava que houvesse uma possibilidade de negociar com Lukashenko. A nossa posição foi clara e nós não reconhecemos esta campanha como justa ou legítima, porque apenas 0,05 por cento das pessoas foram incluídas nas comissões que contaram os votos”, afirmou o líder da oposição Anatoly Lebedko.

A Organização para a Segurança e Cooperação na Europa revela que os monitores foram impedidos de assistir à contagem dos votos em 35 por cento dos casos e que quando estiveram presentes assistiram a várias falsificações deliberadas dos resultados.