Última hora

Última hora

Pelosi:"A festa acabou"

Em leitura:

Pelosi:"A festa acabou"

Tamanho do texto Aa Aa

Depois do acordo alcançado pelos membros do Congresso norte-americano, falta agora aprovar o plano de recuperação do sistema bancário.

As praças financeiras mundiais já começaram a reagir. A Bolsa de Tóquio abriu a sessão em alta com ganhos de 0,40 por cento em relação a sexta-feira.

Este domingo, a presidente da Câmara dos Representantes dos Estados Unidos deixou um alerta ao Wall street. Nancy Pelosi disse que “a festa acabou” e que “a era dos
pára-quedas dourados para os operadores da bolsa chegou ao fim,” tal como, o tempo em que os contribuintes tinham de suportar “a irresponsabilidade” de Wall Street, acrescentando, que é” isso que a nova legislação vai trazer.”

A redução do risco para os contribuintes foi uma das alterações introduzidas no documento. Tudo para conquistar o voto dos republicanos mais críticos.

“Pedimos aos nossos colegas para que apoiassem o plano” afirma o líder republicano da Câmara de Representantes. Segundo John A. Boehner há receios porque, adianta, “eles querem fazer o que está certo pelo círculo que os elegeu como pelo país, o que nem sempre significa dizer sim. Mas estamos a trabalhar para que votem este plano porque acreditamos que é o melhor para os Estados Unidos”.

O plano apresentado por Washington propõe injectar 700 mil milhões de dólares, cerca de 470 mil milhões de euros para ajudar as instituições privadas.

O objectivo é restaurar a confiança nos mercados e evitar novas falências.

O Presidente norte-americano, George W. Bush,já se congratulou com o acordo alcançado este domingo.