Última hora

Última hora

Comissão Europeia multa petrolíferas do chamado Cartel da Parafina

Em leitura:

Comissão Europeia multa petrolíferas do chamado Cartel da Parafina

Tamanho do texto Aa Aa

Bruxelas sancionou, esta quarta-feira, nove empresas num total de 676 milhões de Euros. Repsol, Total, Mobil e outras companhias que não operam em Portugal, são acusadas de cartelizar a fixação de preços e quota de mercado na produção de cera de parafina.

A Comissão Europeia investiga a existência deste cartel, através de inspecções surpresa, desde 2005. De acordo com o comunicado emitido hoje por Bruxelas, o cartel das nove empresas actuou entre 1992 e 2005. As companhias envolvidas fixavam preços para produtos que vão desde velas e pratos de papel até produtos químicos e pneus.

As empresas reuniam-se, periodicamente, para discutir os preços, atribuir mercados ou clientes e trocar informação comercial sensível. A Shell também participou no cartel mas conseguiu imunidade por ter revelado, ao regulador europeu, a existência deste entendimento. Bruxelas calcula que este mercado move por ano cerca de 500 milhões de Euros.