Última hora

Última hora

Europa recusa-se a punir a Rússia

Em leitura:

Europa recusa-se a punir a Rússia

Tamanho do texto Aa Aa

Manifestantes da Geórgia instalaram-se frente ao Conselho da Europa para mostrarem o seu descontentamento. Também no local permanecem, há dois dias, um grupo de Ossetas.

Ambos pretendem o apoio do conselho, que debate a crise no Cáucaso. Algumas medidas de punição da Rússia foram propostas, mas nenhuma foi adoptada. A maioria dos membros do conselho não pretendem punir a Rússia de forma tão radical, mas a minoria não concorda. A oito dias da retirada das tropas russas de território georgiano, a situação parece estar longe de estar resolvida.

O presidente da Assembleia Parlamentar da NATO insurgiu-se, esta quarta-feira, por soldados russos lhe terem apontado metralhadoras quando visitava um posto de controlo na Geórgia.

Em entrevista à Agência Lusa, José Lello assegura que os russo estão bem armados e que continuam a progredir no terreno numa atitude provocadora e geradora de grande tensão e de desestabilização na Geórgia.