Última hora

Última hora

Chuvas torrenciais semeiam devastação às portas do deserto argelino

Em leitura:

Chuvas torrenciais semeiam devastação às portas do deserto argelino

Tamanho do texto Aa Aa

As chuvas torrenciais que se abatem desde o início da semana, no Sul da Argélia, já provocaram dezenas de mortos, destruíndo mais de meio milhar de casas. Na região de Ghardaia, as autoridades locais falam de pelo menos 29 mortos, embora algumas fontes apontem para mais de uma centena de vítimas.

As chuvas torrenciais fizeram transbordar o leito dos rios, que registam um débito de mais de 900 metros cúbicos por segundo, destruíndo casas, bloqueando estradas e dezenas de pequenas povoações.

Várias equipas de resgate foram enviadas para o local para prestar assistência à população das zonas mais afectadas. O governo argelino convocou uma reunião de emergência para analisar a situação, num momento em que os habitantes relatam uma “situação catastrófica”.

Depois de quatro anos de seca, o cenário de devastação na província de Ghardaia, está distante da imagem tradicional desta zona às portas do deserto.