Última hora

Última hora

General Jaruzelski responde em tribunal

Em leitura:

General Jaruzelski responde em tribunal

General Jaruzelski responde em tribunal
Tamanho do texto Aa Aa

O antigo presidente polaco Wojciech Jaruzelski foi ouvido esta quinta-feira num tribunal de Varsóvia onde começou a ser julgado por “crimes comunistas”, juntamente com oito antigos dirigentes.

O general admitiu ser responsável pela instauração da lei marcial na Polónia em 1981, mas rejeita responsabilidades nas mortes, detenções e deportações que se sucederam.

Os nove antigos líderes comunistas, todos actualmente octogenários, incorrem em penas que poderão ir até aos 10 anos de prisão, algo que parece improvável tendo em conta a idade avançada dos arguidos.

Jaruzelski tem agora 85 anos e liderou o conselho militar que implantou o estado de sítio a 12 de Dezembro de 1981. Uma medida de repressão que durou até 1983, para manter a ordem no clima anti-comunista, impulsionado na altura pelo sindicato Solidariedade de Lech Walesa.