Última hora

Última hora

OBomba mata sete pessoas na Ossétia do Sul

Em leitura:

OBomba mata sete pessoas na Ossétia do Sul

Tamanho do texto Aa Aa

A Geórgia desmentiu oficialmente a implicação dos seus serviços secretos no atentado que esta sexta-feira matou sete pessoas e deixou feridas outras sete, na Ossétia do Sul.

Tbilissi responde à acusação do presidente osseta, Edouard Kokoity, que tinha apontado o dedo aos serviços secretos goergianos como presumíveis autores do ataque.

A explosão teve origem numa viatura armadilhada com grande quantidade de explsivos, que estacionou junto ao quartel general da força de paz, constituída por soldados russos.

Uma testemunha afirma: “Foi tudo muito rápido. A explosão foi tão forte que senti uma coisa no coração. Havia muitas janelas partidas e quando saímos para a rua vimos muito fumo”

Este atentado surge dois dias depois da chegada à zona de segurança entre a Ossétia do Sul e a Geórgia dos observadores da comunidade internacional e pode comprometer o calendário de retirada integral das tropas russas, prevista para daqui a uma semana.

O governo georgiano diz que o ataque é “uma provocação” que tem como objectivo a manutenção dos soldados russos na Geórgia.