Última hora

Última hora

Estado alemão fará tudo para salvar Hypo Real Estate

Em leitura:

Estado alemão fará tudo para salvar Hypo Real Estate

Tamanho do texto Aa Aa

Reuniões de emergência entre governo, banco central e entidade reguladoras com o objectivo de debater um plano “B” para salvar da falencia o Hypo Real Estate, na Alemanha.

As instituições de crédito e seguradoras que concordaram financiar 25 % da operação de resgate retiraram-se do plano que ascendia a 35 mil milhões. O estado, comprometido a injectar 75 % dessa soma, está agora sozinho.

“O governo federal declara que não vai deixar que os problemas de uma única instituição financeira se tornem num problema para todo o sistema financeiro. Por isso estão a decorrer discussões para manter o Hypo Real Estate. Mais, os culpados destes actos irresponsáveis vão ser chamados a prestar contas”, disse Merkel.

O falhanço do plano inicial para salvar o banco alemão do colapso surge numa altura em que os líderes europeus se mostram divididos sobre um mecanismo de resgate financeiro a nível da União semelhante ao adoptado pelos Estados Unidos.

E justamente, a Alemanha de Angela Merkel é uma das vozes a liderar a opôr-se a um fundo de milhares de milhões de euros para evitar o colapso de instituições financeiras.

A Alemanha, a Itália, a França e o Reino Unido mais dirigentes europeus reuniram-se no Sábado em Paris para debater uma abordagem uma estratégia.

Concordaram não deixar cair os bancos na falência e pediram flexibilidade na aplicação de regras de ajuda do Estado às empresas.