Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

Faltam 28 dias para as presidenciais norte-americanas e o tom das acusações entre os dois adversários começa a subir, ao mesmo tempo que o conteúdo da campanha eleitoral se começa a deteriorar.

O democrata Barack Obama, que ontem acusou John cCAin de fazer uma campanha suja, lançou um vídeo com um escândalo finaceiro onde o candidato republicano se viu envolvido há 20 anos.

Obama diz que o importante é a crise económica, que é impossível contornar uma situação grave como a que se está a viver. O senador do Illinois acredita que os americanos querem soluções para problemas concretos e não uma campanha eleitoral com temas sujos como as anteriores.

Do lado da candidatura republicana, começou a fase do “vale-tudo”. Depois de ter associado o adversário democrata ao terrorismo devido à proximidade com um ex-activista de um grupo radical anti-vietname, John McCain aposta em descredibilizar Obama.

McCain pergunta aos apoiantes: Afinal, quem é Obama ? McCain diz que Obama nunca fez nada no governo, não se sabe o que quer para a América.

Os candidatos democrata e republicano vão estar frente-a-frente no segundo debate televisivo da campanha. Obama continua a liderar as intenções de voto com mais 8% que John McCain.

Copyright © 2014 euronews