Última hora

Última hora

Opel manda parar duas fábricas

Em leitura:

Opel manda parar duas fábricas

Tamanho do texto Aa Aa

A crise financeira está a atingir a indústria automóvel. A primeira vítima é a Opel, com duas fábricas paradas na Alemanha. A filial alemã da General Motors mandou parar as máquinas há uma semana na fábrica de Bochum, onde são produzidos o Astra e o Zafira. A fábrica do Corsa em Eisenach vai também parar por pelo menos três semanas.

“Este é o efeito da crise por que estamos a passar. Os consumidores estão agora muito mais cautelosos antes de fazer investimentos a longo prazo, nomeadamente num automóvel. Além disso, o que aconteceu nos Estados Unidos está a arrastar os mercados mundiais para a recessão. Recessão e venda de automóveis são duas coisas que não se ligam muito bem”, diz o especialista Ferdinand Dudenhoeffer.

A Opel foi, para já, a primeira empresa deste sector a adoptar medidas drásticas para fazer face à queda na procura de automóveis, mas as concorrentes estão também a preparar-se.

A BMW vai reduzir a produção, face a vendas em queda nos Estados Unidos. A Skoda e a Seat, duas filiais da Volkswagen, estão a reduzir também a produção. Na filial alemã da Ford, estão previstos 200 despedimentos no fim do ano.