Última hora

Última hora

Pior queda nas bolsas desde 1987

Em leitura:

Pior queda nas bolsas desde 1987

Tamanho do texto Aa Aa

A decisão dos bancos centrais mundiais de fazer cortes radicais nas taxas de juro pouco fez para travar as quedas a pique nas bolsas. Os mercados mundiais viveram mais um dia de fortes descidas. Foi a pior sucessão de três dias desde a crise de 1987.

O índice pan-europeu Eurostoxx 50 fechou a perder 6,68%. Em Londres, o Footsie caíu 5,18%. Houve descidas de 6,1% no Dax de Frankfurt e 6,3% no CAC 40 de Paris. Em Lisboa, o PSI 20 desceu 3,64% e em Madrid o IBEX desceu 5,2%.

O índice da bolsa de Milão perdeu 5,7%. Descidas ainda de 5,5% em Zurique e de 7,36% em Bruxelas, a praça mais penalizada, tirando Moscovo, onde a negociação foi suspensa quando o RTS caía mais de 11%.

Na bolsa lisboeta, o índice foi castigado opr perdas nos principais pesos-pesados. As acções do BCP caíram mais de 4%, para um valor abaixo de um euro. A Galp e a Sonaecom foram os papéis mais castigados, com quedas de mais de 8%.