Última hora

Última hora

NATO discute reforço militar no Afeganistão

Em leitura:

NATO discute reforço militar no Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

Os membros da Aliança Atlântica encontram-se hoje em Budapeste para uma reunião informal. Os ministros da Defesa dos 26 países da NATO deverão considerar o envio de mais tropas para Afeganistão e fazer um balanço das operações militares no país.

O aumento da violência armada em território afegão, apesar alargamento de países participantes nos últimos dois anos, obriga a um aumento do contigente.

Os Estados Unidos têm pressionado a Aliança a enviar mais militares e os comandantes das forças no terreno pedem mais 12.000 homens para juntar aos quase 60.000, actualmente no território.

Sete anos depois da invasão liderada pelas forças norte-americanas, que depuseram o regime Talibã, o cenário não é o melhor. Segundo o comandante e embaixador britânico no Afeganistão, apesar do esforço para estabilizar o país, a guerra contra os talibãs dificilmente será ganha.

Outro assunto em discussão esta quinta-feira será o desmantelamento do tráfico de heroína afegão que é actualmente o mais importante do planeta.