Última hora

Última hora

Bolsas vivem pior semana dos últimos 38 anos

Em leitura:

Bolsas vivem pior semana dos últimos 38 anos

Tamanho do texto Aa Aa

Desde 1970 que as bolsas mundiais não conheciam uma semana assim. Esta sexta-feira não foi diferente dos restantes dias com as bolsas europeias a registarem perdas avultadas.

Madrid ultrapassou os 9% ao fechar a cair 9,67%. O Eurostoxx 50 fechou a recuar 8,78%. Frankfurt, Londres e Paris registaram perdas idênticas. Na Euronext Lisboa, o PSI-20 caiu 6,44%, para os 6247,78 pontos.

Questionado sobre até onde é que os mercados podem ir, o analista Howard Wheeldon diz que não sabe e acrescenta que “é o que acontece quando as bolsas atingem este tipo de ciclo negativo. Onde está o fundo eu não sei e penso que ninguém o poderá dizer com certeza.”

O dia começou com a Bolsa de Tóquio a registar a pior queda dos últimos 21 anos, ao perder 9,62%. No encerramento da sessão, o índice Nikkei perdeu 881,06 pontos, cotando-se nos 8.276,43 pontos. Esta foi a terceira maior queda da história do principal índice japonês, criado em 1950.

O petróleo também não escapou às quedas. Em Londres o barril de Brent esteve a cair mais de 9%, abaixo dos 76 dólares. Em Nova Iorque o WTI desvalorizou mais de 8%.