Última hora

Em leitura:

Somália:NATO na luta contra os piratas


Somália

Somália:NATO na luta contra os piratas

A NATO vai enviar navios de guerra para a costa da Somália, com o objectivo de combater a pirataria.

A decisão foi tomada esta quinta-feira na Hungria e é uma acção concertada entre a Aliança Atlântica e a União Europeia.

Os navios vão ter como missão escoltar embarcações das Nações Unidas com ajuda humanitária, destinada à Somália, onde mais de metade da população depende desta ajuda.

O porta-voz da NATO explicou que “tanto o Programa Alimentar Mundial como o Secretário-Geral da ONU pediram ajuda à NATO” para resolver a questão da pirataria e que a Aliança Atlântica vai enviar “sete navios dentro de duas semanas”.

No último ano foram sequestrados por piratas mais de 40 barcos, tornando a costa da Somália, uma importante ponte entre a Europa, África e Médio Oriente, numa das regiões marítimas mais perigosas do mundo.

Vários países, como Espanha ou França já anunciaram o envio de navios militares para o local.

Os navios de guerra aliados sairão da Esquadra do Mediterrâneo e permanecerão no Corno de África até Dezembro.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Xadrez político complica-se na Ucrânia