Última hora

Última hora

Estado de urgência na Chechénia durante eleições parlamentares

Em leitura:

Estado de urgência na Chechénia durante eleições parlamentares

Tamanho do texto Aa Aa

A Chechénia decretou o estado de urgência na sequência do sismo que fez no sábado 13 mortos e mais de cem feridos a Leste da capital, Grozny.

Milhares de pessoas ficaram sem electricidade e várias estradas continuam cortadas mas, segundo as autoridades já não se encontra ninguém entre os escombros.

Um responsável dos serviços de emergência explica que há um elevado número de casas danificadas ou destruídas e que “o governo checheno está a equacionar medidas excepcionais, como ajudas à reconstrução”.

As autoridades russas enviaram ontem uma equipa desde Moscovo para ajudar a coordenar os esforços de restabelecimento da região afectada.

Apesar do sismo, os chechenos foram chamados este Domingo às urnas nas eleições para o Parlamento regional.

Os analistas não duvidam da vitória da formação Rússia Unida, dirigida pelo primeiro-ministro russo Vladimir Putin e que conta com o presidente checheno Ramzan Kadirov como militante e garante do Kremlin na república do Cáucaso do Norte russo.