Última hora

Em leitura:

Líderes da zona euro prometem anunciar esta tarde medidas concretas para combater a crise financeira


mundo

Líderes da zona euro prometem anunciar esta tarde medidas concretas para combater a crise financeira

Pensar global, agir localmente. É esta a filosofia que transparece para resolver a crise financeira mundial.

Depois das reuniões do FMI, Banco Mundial, G7 e G20 a atenção volta-se de Washington para Paris onde se reúnem esta tarde de urgência os chefes de Estado e governo dos 15 países da zona euro.

Depois das garantias do G7 de que não deixará falir as principais instituições financeiras mundiais, os líderes europeus prometem apresentar esta tarde as medidas concretas para evitar o colapso do sistema financeiro.

A criação de um fundo de garantia comum parece excluída. As acções serão locais, mas coordenadas entre os países. As medidas devem inspirar-se no plano traçado pelo primeiro-ministro britânico Gordon Brown que passa por garantias do Estado para os empréstimos interbancários, a disponibilização de fundos astronómicos para devolver a liquidez e pela nacionalização parcial da banca através da compra de participações.

Para estancar a hemorragia, o governo britânico deve colocar em marcha já na segunda-feira o plano de salvamento de Brown, entrando com mais de 60 mil milhões de euros no capital dos bancos nomeadamente dos 4 maiores do Reino Unido.

Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

População de Klagenfurt deixa velas e flores à porta do gabinete de Haider