Última hora

Última hora

Eurogrupo apresenta plano histórico para combater a crise

Em leitura:

Eurogrupo apresenta plano histórico para combater a crise

Tamanho do texto Aa Aa

Garantir os empréstimos interbancários e não deixar os principais bancos falir, a chave encontrada pelos responsáveis da zona euro para estancar a crise.

Os líderes dos 15 Estados membros da zona euro chegaram a um acordo histórico, na primeira cimeira do Eurogrupo ao nível dos chefes de Estado e governo.

Em conferência de imprensa, o presidente francês, Nicolas Sarkozy explicou o plano e sobretudo os resultados que os Quinze esperam que produza:

“Este plano visa todas as dimensões da crise financeira. Queremos que os bancos voltem a ter os meios para emprestar dinheiro, para apoiarem a economia, para permitir às famílias contrair empréstimos para as suas casas e para o consumo, e para dar às empresas os meios para fazerem os investimentos necessários ao crescimento.”

Apesar de ter sido criado pelos países da “eurolândia”, o plano deverá servir de base para toda a União Europeia, como referiu o presidente da Comissão Europeia, Durão Barroso:

“Os Estados-membros devem utilizar a base comum criada esta semana para restaurarem a confiança e porem termo ao pessimismo excessivo dos mercados a que assistimos nos últimos dias.”

O plano vai estar no centro do debate da cimeira dos chefes de Estado e de Governo dos Vinte e Sete marcada para as próximas quarta e quinta-feira em Bruxelas.

As medidas concretas que as principais economias da zona euro vão adoptar serão anunciadas ao longo do dia de hoje.