Última hora

Última hora

Economia domina discursos de candidatos à Casa Branca

Em leitura:

Economia domina discursos de candidatos à Casa Branca

Economia domina discursos de candidatos à Casa Branca
Tamanho do texto Aa Aa

A economia está no centro da campanha eleitoral americana. Em Toledo, no Ohio, Barack Obama revelou o seu plano para fazer face à crise financeira. O candidato democrata propõe, entre outras medidas, uma redução de impostos para as empresas que criem empregos, levantamentos sem penalização do dinheiro aplicado pelas famílias em fundos de pensões e uma moratória para as expulsões de quem tenta pagar os empréstimos imobiliários.

Obama evocou a urgência na aplicação do plano, para estabilizar o sistema financeiro, aliviar as famílias e ajudar os proprietários a sobreviver. O candidato acrescentou: “É um plano que começa com uma palavra que está no espírito de todos e que é Empregos”.

Do lado republicano, apenas linhas gerais de um plano económico. Num comício na Virgínia, John McCain, que tenta relançar a sua campanha e inverter a larga desvantagem nas sondagens, disse apenas ter um “plano para reconstruir as poupanças de cada trabalhador para a reforma, um plano para manter e baixar os impostos e tornar a América mais competitiva”.

Segundo os colaboradores, John McCain está a preparar um novo programa económico centrado na desfiscalização de dividendos, que pretende revelar no próximo debate, dentro de dois dias.