Última hora

Última hora

Europeus compram menos carros

Em leitura:

Europeus compram menos carros

Tamanho do texto Aa Aa

As vendas de carros novos na Europa estiveram a caír 8,2% em Setembro, relativamente ao mesmo mês do ano passado, isto apesar do mês ter tido mais dois dias úteis que em 2008.

Este é mais um efeito da crise e é ainda mais grave, tendo em conta que Setembro é, habitualmente, um mês de retoma do sector, depois de um enfraquecimento durante o Verão. Esta queda segue-se a descidas de 7,3% em Julho e 15,7% em Agosto.

A Europa Ocidental foi a região mais penalizada, em particular a Espanha, com uma queda de mais de 30%. Já nos mais recentes Estados-membros da União Europeia, as vendas têm vindo a subir.

Explica Ferdinand Dudenhoeffer, director do centro de pesquisa automóvel de Gelsenkirchen: “Estamos a entrar numa forte recessão no que toca ao mercado automóvel. Na Europa, essa recessão avança a pouco e opuco, enquanto na América destruiu por completo o mercados. Os próximos três anos vão ser muito difíceis para os fabricantes e para os fornecedores”.

As construtoras mais atingidas pla quebra nas vendas foram a General Motors e a BMW. Ambas as construtoras anunciaram já uma redução da produção de carros, para fazer face à descida na procura.

Além da crise, o preço alto do petróleo está também a afastar os consumidores, isto apesar das fortes descidas, nos últimos tempos, na cotação do barril. Esta quarta-feira, os preços estiveram a caír cerca de 3%. O Brent está abaixo dos 72 dólares e o WTI ronda os 76.