Última hora

Última hora

Islândia baixa taxas de juro ainda sem garantias de empréstimo russo

Em leitura:

Islândia baixa taxas de juro ainda sem garantias de empréstimo russo

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades da Islândia tentam por todos os meios evitar a bancarrota do país.

O banco central anunciou a descida das taxas de juro. A taxa directora baixou 3 pontos e meio, para 12 por cento. Uma medida radical que no entanto, segundo os analistas, não deverá ser suficiente e a luta contra a inflacção vai ficar adiada.

Já a pensar nisso, o executivo de Reikiavik está em negociações com a Rússia em Moscovo no sentido de obter um empréstimo de 4 mil milhões de euros.

Há uma semana, o chefe de governo islandês tentou demonstrar que o empréstimo estava praticamente garantido. Mas as conversações já duram há dois dias e até agora não houve qualquer luz ao fundo do túnel.

Enquanto nada se decide, o governo islandês já se viu obrigado a tomar o controlo de três bancos.

Do lado dos consumidores, é a corrida aos supermercados. A ilha tem pouco mais de 300 mil habitantes, quase todos os produtos são importados. Face à crise, a população teme que os preços subam em flecha e por isso aprovisionam o mais que podem ao valor actual.