Última hora

Última hora

Barco do aborto atraca em Valência

Em leitura:

Barco do aborto atraca em Valência

 Barco do aborto atraca em Valência
Tamanho do texto Aa Aa

O Barco do aborto volta a agitar as águas da Península Ibérica.

A clínica flutuante da organização holandesa Women on Waves chegou esta quinta-feira ao porto de Valência.

O navio Aurora foi recebido por centenas de pessoas entre activistas anti-aborto e apoiantes da causa em Espanha, como é o caso das feministas. Teresa Meana, porta-voz do movimento ‘Casa de La Mujer’ afirmou que “nós há 30 anos que lutamos para que o aborto não seja considerado crime, para que seja considerado um cuidado de saúde, um direito. Deve ser uma decisão da mulher”, adiantou.

A polícia espanhola impôs uma distância de 100 metros entre os dois grupos para evitar confrontos.

Por seu lado, Juan Rivera, um activista anti-aborto declarou que “viemos aqui para dar voz àqueles que não a têm. Defendemos a vida desde o momento da concepção até à morte por causas naturais. Vemos o aborto como um assassínio coberto pela lei. E pensamos que a reforma da lei será uma das coisas mais sinistras que podem acontecer neste país”, disse.

O Aurora zarpa hoje rumo a águas internacionais, com mulheres valencianas a bordo, mas o número de interrupções a realizar não foi revelado uma vez que a ONG holandesa quer garantir a confidencialidade das envolvidas.