Última hora

Última hora

Templos da Acropole de Atenas tratados com sistema inovador

Em leitura:

Templos da Acropole de Atenas tratados com sistema inovador

Tamanho do texto Aa Aa

Nos últimos dois milénios e meio os templos da Acrópole de Atenas sobreviveram a incêndios, bombardeamentos e mesmo a tremores de terra. Mas entretanto surgiu um inimigo perigoso: a poluição.

Para fazer face a esta ameaça e entre 40 métodos, o Departamento de Restauração da Acrópole escolheu uma técnica inovadora que se baseia num feixe misto de raios infravermelhos e ultravioletas.

Apesar da eficácia, existem perigos, como referiu uma das técnicas envolvidas no processo. “A limpeza não é reversível, se eliminar alguma coisa não pode voltar a colocá-la de volta. Por isso temos que ter muito cuidado para nos assegurarmos que removemos a sujidade e deixamos intacto o substrato”, referiu.

O método permite restaurar mas serão precisos vários anos para limpar os templos da acrópole.

Durante anos arqueólogos debatem formas de defender da poluição os templos. Alguns sugerem a construção de redomas, que permitiria proteger também de chuvas ácidas.