Última hora

Última hora

Memória do Titanic é bóia de salvação para última sobrevivente

Em leitura:

Memória do Titanic é bóia de salvação para última sobrevivente

Tamanho do texto Aa Aa

Noventa e seis anos após o acidente do Titanic, a memória da tragédia poderá salvar a última sobrevivente de um novo naufrágio, desta feita económico.

A britânica Milvina Dean vai leiloar amanhã no Sudoeste de Inglaterra alguns objectos pessoais da viagem que realizou com apenas dois meses de idade.

Uma venda excepcional para poder pagar a casa de repouso onde se encontra aos 96 anos de idade.

“Eu estou optimista, algumas vezes tenho pensamentos mais sombrios, mas poucas vezes. Decidi que tenho de fazer o que é preciso e é isso”, afirma Milvina.

Milvina espera amealhar cerca de 3.800 euros com a venda de objectos como uma mala de roupa oferecida aos sobreviventes ou cartas de indemnização enviadas pelo fundo de ajuda às vítimas do naufrágio.

O responsável da organização do leilão lembra que, “Millvina é a última sobrevivente do Titanic, sendo a única pessoa ainda em vida a ter estado no navio, o que torna a venda ainda mais interessante”.

Cerca de 700 pessoas conseguiram sobreviver ao naufrágio do transatlântico, durante a viagem inaugural em 1912, que provocou a morte de mais de 1500 passageiros.