Última hora

Última hora

Conservadores britânicos partem ao ataque

Em leitura:

Conservadores britânicos partem ao ataque

Conservadores britânicos partem ao ataque
Tamanho do texto Aa Aa

A oposição britânica colocou de lado a trégua acordada sobre a crise financeira e partiu ao ataque.

O lider dos conservadores, David Cameron, disparou em direcção ao primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, acusando-o de ser responsável pela turbulência financeira no país.

“Algumas pessoas pensam que esta decisão – a de apoiar a recapitalização – significa que de certa forma nós apoiamos toda a política e doutrina económicas. Deixem-me tornar bem claro que não apoiamos. Esta crise colocou em evidência até que ponto a política económica dos trabalhistas tem estado errada”, disse.

Os conservadores acusam os trabalhistas de deixarem em descontrolo o mercado de créditos durante a última década. Gordon Brown reagiu. “Estou determinado em trabalhar com todo aqueles que estiverem disponíveis para assegurar que nós, enquanto nação, ultrapassamos o período difícil causado por eventos fora do nosso controlo na economia mundial”, anunciou.

Antes de suceder a Tony Blair como primeiro-ministro, Gordon Brown, foi ministro das Finanças durante dez anos.