Última hora

Última hora

Oposição de esquerda vence primeira volta das eleições senatoriais checas

Em leitura:

Oposição de esquerda vence primeira volta das eleições senatoriais checas

Tamanho do texto Aa Aa

A oposição social-democrata impõe-se na primeira volta das eleições senatoriais parciais da República Checa, face aos liberais do ODS, no poder.

Os resultados do sufrágio deram a vitória aos sociais-democratas em 4 das 13 regiões em jogo. Em outras nove o partido obteve uma larga vantagem.

A segunda volta do sufrágio, marcada para os dias 24 e 25 de Outubro, arrisca-se assim a pôr fim à maioria de nove lugares dos liberais no Senado.

A três meses do país assumir a presidência rotativa da União Europeia, a formação eurocéptica do primeiro-ministro Mirek Topolanek, poderá perder peso político.

Os liberais, maioritários desde 2006, opunham-se até hoje à ratificação do Tratado de Lisboa, defendendo a instalação de um radar do sistema anti-missil norte-americano no país.

O voto sobre o Tratado de Lisboa depende apenas do aval do Tribunal Constitucional, previsto para o final de Outubro.