Última hora

Última hora

Suspeitos da morte de estudante britânica começam a ser ouvidos pela justiça italiana

Em leitura:

Suspeitos da morte de estudante britânica começam a ser ouvidos pela justiça italiana

Tamanho do texto Aa Aa

Os três suspeitos da morte de Meredith Kercher, uma estudante britânica assassinada em Perugia começaram a ser ouvidos por um tribunal italiano.

A acusação pede prisão perpétua para Rudy Guede, um jovem de 22 anos da Costa do Marfim, acusado de ter agredido sexualmente a vítima.

Os outros dois suspeitos são Amanda Knox, uma americana que partilhava o apartamento com Meredith e o seu namorado, Rafaelle Sollecito, de nacionalidade italiana.

A estudante de 21 anos foi encontrada em Novembro de 2007 num apartamento universitário onde foi brutalmente esfaqueada até à morte.

A acusação diz que o trio de acusados assassinou a britânica durante um jogo sexual alimentado por drogas e que acabou em tragédia.

Os três implicados continuam a clamar a sua inocência. O caso levantou uma onda de inquietação na Europa onde todos os anos milhares de estudantes participam no programa de mobilidade académica Erasmus.