Última hora

Última hora

Bush Sarkozy e Barroso apostam na mudança do sistema financeiro global

Em leitura:

Bush Sarkozy e Barroso apostam na mudança do sistema financeiro global

Tamanho do texto Aa Aa

Afinal, a solução para a crise financeira exige, não uma, mas várias cimeiras internacionais.

A decisão foi tomada est sábado em Camp David onde o presidente norte-americano debateu o problema com os representantes europeus Nicolas Sarkozy e Durão Barroso

O primeiro encontro deverá ter lugar em Novembro, a seguir às eleições norte americanas e, de acordo com o presidente Bush “tanto as nações desenvolvidas como as nações em vias de desenvolvimento estarão representadas”. “Juntos trabalharemos para fortalecer e modernizar o sistema financeiro para podermos assegurar que a crise não volta a acontecer”, concluiu

Por seu lado, o presidente Sarkozy concordou ao afirmar que “temos de resistir à perigosa tentação do isolacionismo económico e continuar com a política dos mercados abertos que melhoraram o nível de vida e ajudaram milhões de pessoas em todo o mundo a escapar à pobreza”.

Na semana que se inicia, Sarkozy e Durão Barroso vão consultar os dirigentes internacionais para preparar uma série de encontros.

A primeira dessas cimeiras é realizada a nível de chefes de Estado e de Governo e deverá enunciar os princípios das reformas a adoptar. As seguintes servirão para aplicar as medidas.

A Europa consegue assim o apoio dos Estados Unidos e da ONU para realizar o plano que Durão Barroso designou como a fundação da “nova ordem financeira mundial”.

Na primeira reunião, que terá lugar provavelmente na Sede das Nações Unidas, em Nova Iorque, vão estar presentes o G8 e os países emergentes.