Última hora

Última hora

Bernanke sugere novo plano de estímulos

Em leitura:

Bernanke sugere novo plano de estímulos

Tamanho do texto Aa Aa

Os Estados Unidos podem vir a precisar de um novo plano de estímulo à economia. Mesmo depois dos efeitos positivos do plano Paulson, o presidente da Reserva Federal norte-americana, Ben Bernanke, diz que a economia do país pode vir a precisar de mais um pacote de medidas.

A opinião foi expressa na audiência de Bernanke perante a comissão orçamental do Congresso.

“Se o Congresso decidir avançar com um pacote fiscal, deve incluir medidas para melhorar o acesso ao crédito por parte dos consumidores, dos compradores de casa, das empresas e outros clientes. Essas acções são particularmente eficientes no que toca a promover o crescimento económico e a criação de emprego”, disse Bernanke.

Deopis do plano anunciado pelo presidente Bush, que inclui a compra de participações em vários bancos, e dos cortes de impostos anunciados durante o Verão, esta é a primeira vez que Bernanke sugere novos estímulos.

“É difícil prever o tempo que vai ser preciso para normalizar as finanças e avaliar os riscos de um abrandamento, por isso há uma grande incerteza em redor do panorama económico”, acrescentou o homem-forte da Fed.

Outra medida para estimular o crescimento económico está nas mãos do próprio Bernanke. A Reserva Federal deve voltar a baixar a taxa de juro de referência, que é actualmente de 1,5%, na reunião da próxima semana. Em 13 meses, a Fed cortou já 3,75 pontos percentuais à taxa directora.