Última hora

Última hora

China interrompe crescimento de dois dígitos

Em leitura:

China interrompe crescimento de dois dígitos

Tamanho do texto Aa Aa

A China teve, pela primeira vez nos últimos seis anos, um crescimento económico anual abaixo dos 10%.

O PIB chinês subiu, no terceiro trimestre deste ano, 9,7% em relação ao mesmo período do ano passado. Fica assim interrompida uma série, que parecia eterna, de crescimento de dois dígitos.

Este é mais um efeito da crise financeira mundial, que causa um impacto numa das economias de crescimento mais rápido do mundo: “Ao mesmo tempo que a China se abre ao mundo exterior e a economia fica mais ligada à economia mundial, a China sofre o efeito da crise financeira global”, disse um alto resopnsável do gabinete de estatísticas.

Os Jogos Olímpicos obrigaram ao fecho de várias fábricas na região de Pequim, num esforço para reduzir a poluição. Além disso, a crise financeira reduziu fortemente o investimento estrangeiro no país.

O governo chinês anunciou já uma série de medidas para incentivar o crescimento económico, incluindo cortes nos impostos e o investimento em novas infraestruturas, como caminhos-de-ferro.

A China é actualmente a quarta maior economia do mundo, atrás dos Estados Unidos, do Japão e da Alemanha.