Última hora

Última hora

Caso Ergenekon começa a ser julgado na Turquia

Em leitura:

Caso Ergenekon começa a ser julgado na Turquia

Tamanho do texto Aa Aa

Na Turquia começam esta segunda-feira a ser julgados 86 alegados membros do grupo armado Ergenekon.

Os réus vão responder a cerca de trinta acusações incluindo a tentativa de fazer caír o Governo turco.

Num processo de 2.500 páginas, o Ministério Público acusa o movimento de querer semear o caos no país através de inúmeras manifestações ilegais, assassinatos e ataques contra as forças da ordem.

Entre os implicados encontram-se o líder de um pequeno partido nacionalista, vários jornalistas, dois generais na reserva e políticos.

O alegado grupo terrorista também é acusado de ter conspirado para assassinar o primeiro-ministro Recep Tayyip Erdogan e o Nobel da literatura Orhan Pamuk.

Segundo a imprensa turca a estratégia do Ergenekon passava por levar o exército a executar um golpe militar para derrubar o Governo do AKP.

A oposição laica da Turquia afirma que o actual processo se trata de uma vingança depois de uma acção judicial que tentou interditar o Governo, acusado de querer implantar um Estado islâmico no país.