Última hora

Última hora

Obama soma e segue na corrida à Casa Branca

Em leitura:

Obama soma e segue na corrida à Casa Branca

Tamanho do texto Aa Aa

A generalidade das sondagens dão ao candidato democrata Barack Obama uma média de 5 pontos percentuais de vantagem em relação ao rival republicano. Melhor ainda, Obama começa a recolher votos da concorrência. “Esta manhã, um grande soldado, um grande homem de Estado, um grande americano, apoiou a nossa campanha para a mudança.

Sinto-me mais que honrado, estou profunda e humildemente rendido ao apoio do general Colin Powell”, dclarou Obama perante milhares de apoiantes na Carolina do Norte.

O antigo chefe do Estado maior e secretário de Estado de Bush (primeiro mandato), aposta numa viragem política. Powell foi à televisão explicar o apoio à candidatura de Obama. O general sublinhou que o carácter reformador do senador democrata em Washington provocará “uma onda de entusiasmo no país e no resto do mundo”.

O seu companheiro de partido, John McCain, não recebeu a notícia com surpresa: “Eu sempre admirei e respeitei o general Powell. Somos amigos de longa data. E não estou surpreendido. Mas também estou muito satisfeito de ter tido o apoio de quatro antigos secretários de Estado, os secretários Kissinger, Baker, Eagleburger e Haig”, declarou McCain durante um comício no Ohio.

A duas semanas das presidenciais norte-americanas nada parece deter a campanha de Obama, com todas as sondagens a preverem uma vitória democrata.