Última hora

Última hora

Atentado no Afeganistão mata soldados da ISAF

Em leitura:

Atentado no Afeganistão mata soldados da ISAF

Tamanho do texto Aa Aa

Uma coluna militar alemã das forças da coligação foi alvo de um atentado suicida em Kunduz, no norte do Afeganistão, uma zona em que são raras as acções de guerrilha.

O número de baixas ainda não é exacto. As autoridades não avançam detalhes. Um porta-voz da NATO adiantou apenas que o ataque provocou fatalidades entre as tropas sem referir a nacionalidades dos militares.

Confirmada está a morte de civis. Uma fonte da polícia local, citada pela agência Reuters, referiu que cinco crianças perderam a vida.

O episódio acontece no mesmo dia em que os talibãs reivindicaram a morte de uma funcionária de uma ONG.

A cidadã britânica foi abatida em Cabul, por dois homens que se deslocavam numa motorizada, de manhã. A voluntária seguia para o trabalho e pertencia à ONG cristã SERVE com sede no Reino Unido.

Os talibãs acusaram-na de fazer propaganda cristã.

A violência contra cidadãos estrangeiros é muito rara na capital, mas os ataques contra as ONG sucedem-se desde o início do ano.