Última hora

Última hora

Nissan quer 20 por cento da Chrysler

Em leitura:

Nissan quer 20 por cento da Chrysler

Tamanho do texto Aa Aa

O construtor automóvel japonês Nissan pode adquirir 20 por cento do seu concorrente norte-americano, Chrysler.

O negócio implicará a associação da marca americana à parceiria Nissan-Renault.

As possibilidades de sucesso aumentaram, a partir do momento em que a Chrysler e a General Motors parecem ter terminado um namoro para uma parceria.

Mas as duas partes estão a jogar com absoluta prudência e não fazem declarações sobre o assunto.

Os americanos da Cerberus, casa-mãe da Chrysler já estão a estudar uma proposta concreta.

Com a cedência de 20 por cento ao consórcio nipo-francês, ficariam ainda com um posição claramente maioritária, de 60 por cento. Os restantes são para manter sob controle dos alemães da Daimler.

A General Motors não quer ser apanhada em falso e, de acordo com a imprensa desta quarta-feira, está já à procura de um parceiro estratégico, alternativo à Chrysler.

As vendas de automóveis, nos Estados Unidos, desceram 15 por cento, durante o ano.

O mês de Outubro ameaça bater todos os recordes de perdas para o sector.

Na base desta quebra estão as restrições ao crédito.