Última hora

Última hora

Governo croata apostado no combate à violência

Em leitura:

Governo croata apostado no combate à violência

Governo croata apostado no combate à violência
Tamanho do texto Aa Aa

O Governo croata anunciou a introdução de medidas excepcionais de combate à criminalidade esta sexta-feira. O anúncio foi feito um dia depois da morte de dois jornalistas, vítimas da explosão de um carro armadilhado, junto às intalações de um semanário nacional.

O primeiro-ministro Ivo Sanader afirma no entanto que “não há necessidade de declarar o Estado de emergência na Croácia, mas vamos introduzir medidas de mobilização extraordinárias”

A explosão que matou o editor Ivo Pukanic e o chefe de marketing de uma publicação croata semanal, foi o último de uma série de atentados ocorridos este ano na capital. A subida do crime organizado é um sério obstáculo às pretensões da Croácia que está na recta final das negociações para aderir à União Europeia em 2011.

No início de Outubro, a violência vitimou a filha de um conhecido advogado, que foi morta com duas balas na cabeça mas também fez baixas políticas. Na altura, e no meio de uma declaração de guerra governamental contra o crime e a corrupção, os ministros do Interior e da Justiça foram demitidos.

No entanto, esta sexta-feira a imprensa croata era unânime na denúncia da impotência das autoridades face ao poderio dos criminosos, que os analistas não hesitam em denunciar no centro do aparelho de Estado.