Última hora

Última hora

FMI anuncia ajuda à Hungria

Em leitura:

FMI anuncia ajuda à Hungria

Tamanho do texto Aa Aa

O Fundo Monetário Internacional (FMI) vai “dar uma ajuda substancial” à Hungria. O anúncio foi feito pelo director-geral do FMI, Dominique Strauss-Kahn, que também já tinha confirmado ajudas da organização à Islândia e à Ucrânia para fazer face à crise financeira internacional.

O FMI e as autoridades financeiras da Hungria, em estreita ligação com a União Europeia, chegaram a acordo sobre as medidas a tomar esta segunda-feira.

Em conferência de imprensa, o primeiro-ministro húngaro, referiu que o plano tem como objectivo
“proteger os interesses da economia do país” e permite mostrar ao mundo que “a Hungria pode contar com os seus aliados na para assegurar a sua estabilidade.”

O director do FMI referiu depois do anúncio do acordo que o programa de auxílio vai ser definidos nos próximos dias.

Este domingo, o Fundo Monetário Internacional anunciou que vai conceder um empréstimo de 13 mil milhões de euros à Ucrânia, mas que está dependente de um plano de saneamento económico elaborado por Kiev.