Última hora

Última hora

Conservadores lituanos preparam coligação governamental

Em leitura:

Conservadores lituanos preparam coligação governamental

Tamanho do texto Aa Aa

O principal partido de centro-direita lituano começou esta segunda-feira a negociar um Governo de coligação com outras três formações.

Os democratas cristãos venceram a segunda volta das lesgislativas deste domingo tendo conquistado 44 assentos dos 141 lugares da assembleia, insuficientes para assegurar uma maioria parlamentar.

Andreas Kubilus, o provável novo primeiro-ministro declarou que “os nossos primeiros passos são muito claros: Uma avaliação decente da situação, um plano contra a crise na economia e nas finanças e combater a corrupção e os problemas energéticos”, concluiu.

No poder desde 2001, os sociais democratas do primeiro-ministro Gidiminas Kirkilas foram os segundos mais votados, mas não estarão reperesentados no futuro executivo. “Suponho que a actual coligação que se está a formar, não é muito estável, e surgirão em breve muitas questões a este acordo”, afirmou o chefe de Governo cessante.

Como principais desafios, o próximo Governo lituano herda uma economia em abrandamento, um cenário de inflacção com dois dígitos e uma candidatura à zona euro.