Última hora

Última hora

Renault e PSA Peugeot-Citröen suspendem actividade provisoriamente

Em leitura:

Renault e PSA Peugeot-Citröen suspendem actividade provisoriamente

Tamanho do texto Aa Aa

Renault e PSA Peugeot-Citröen estão em ponto morto. Várias fábricas em França e no estrangeiro vão suspender a produção até um máximo de 13 dias devido à queda da procura.

A indústria automóvel tem sido um das mais afectadas pela crise financeira. A Renault anunciou uma queda de 2,2 por cento nas vendas no terceiro trimestre de 2008 e reduziu as previsões de lucro devido à diminuição da procura na Europa.

Philippe Gommard, sindicalista francês, e empregado da Renault, explica que por enquanto “ninguém perde dinheiro porque a direcção está a gerir as paragens com os dias de férias, mas poderá vir a acontecer porque já estão previstos mais dias de paragem.”

A fábrica da Renault de Sevilha também parou esta segunda-feira. Jorge Garcia, do sindicato UGT, explica que “durante esta semana 90% do pessoal não trabalha. Há 250 pessoas nas linhas. O resto utilizou as folgas.”

A PSA Peugeot-Citröen também vai suspender a produção das suas fábricas em França e no estrangeiro, nomeadamente em Madrid e Vigo.

O construtor não tem prevista uma paragem da produção na unidade fabril de Mangualde.