Última hora

Última hora

Boeing e sindicato de mecânicos assinam protocolo de acordo

Em leitura:

Boeing e sindicato de mecânicos assinam protocolo de acordo

Tamanho do texto Aa Aa

A Boeing e o sindicato dos mecânicos IAM assinaram um protocolo de acordo que, a ser aprovado, vai pôr um ponto final na greve que está a afectar o construtor aeronáutico norte-americano desde Setembro.

De acordo com o comunicado da organização sindical, as partes “conseguiram um protocolo de acordo sobre um novo contrato que vai garantir a segurança do emprego aos seus membros e limitar o recurso a sub-contratados”.

As linhas de montagem estão paradas desde o dia 06 de Setembro, o que corresponde a 52 dias de paralisação por parte dos 27 mil mecânicos membros do sindicato. Por dia, a companhia perdeu 80 milhões de euros, o que perfaz um total de 4,2 mil milhões de euros de perdas em praticamente dois meses.

A greve levou a Boeing a anunciar atrasos no programa do novo aparelho o 787 Dreamliner que devia fazer o seu voo inaugural ainda este ano, mas que para já está com um atraso de 16 meses em relação ao calendário definido inicialmente.

Recorde-se que a Boeing anunciou na semana passada uma redução dos lucros do terceiro trimestre de 38%.