Última hora

Última hora

Manifestação em forma de casamento

Em leitura:

Manifestação em forma de casamento

Tamanho do texto Aa Aa

Um casamento nada salutar. É assim que é vista a relação entre a Comissão Europeia e o patronato. “Seattle to Brussels”, um colectivo de ONG, organizou uma falsa cerimónia de casamento face à sede da Comissão Europeia, para denunciar o que consideram de “conivência entre o executivo comunitário e os grandes lóbis industriais.”

O patronato é como o noivo deste falso casamento que diz à sua noiva – a Comissão – o que ela deve escrever nas políticas que leva a cabo. “Conselhos”, esquiva-se a noiva. E o noivo precisa: “Uma maneira simples de fazer avançar as políticas.”

Ao mesmo tempo, no interior, decorria uma conferência organizada pela BusinessEurope, a associação patronal europeia. O encontro, dedicado ao tema da “competitividade da indústria europeia no mundo”, contava com a participação da nova comissária para o Comércio, Catherine Ashton.