Última hora

Última hora

Trabalhadores dos estaleiros navais polacos manifestam-se em Bruxelas

Em leitura:

Trabalhadores dos estaleiros navais polacos manifestam-se em Bruxelas

Tamanho do texto Aa Aa

A reestruturação dos estaleiros navais polacos continua a ser um tema quente. Os trabalhadores dos estaleiros manifestaram-se, esta terça-feira, em Bruxelas. Receiam pelos postos de trabalho, caso a Comissão leve os seus planos avante.

Bruxelas quer que os estaleiros navais de Gdynia e Szczecin reembolsem as ajudas estatais – já que a reestruturação viável não chegou a ver a luz do dia. O reembolso seria sinónimo de falência. Para evitá-la, a Comissão propõe a venda dos activos. As empresas assim livres de dívidas poderão, posteriormente, ser adquiridas por eventuais investidores. E, se necessário, a Comissão prevê mesmo uma mudança de actividade – para outro ramo da siderurgia.

Perspectivas que não agradam às 60 mil pessoas que dependem, directa ou indirectamente, dos estaleiros navais polacos.