Última hora

Última hora

Aprovada reforma educativa controversa

Em leitura:

Aprovada reforma educativa controversa

 Aprovada reforma educativa controversa
Tamanho do texto Aa Aa

Debaixo de um coro de protestos, o Senado italiano aprovou a reforma da educação. O decreto, que já tinha passado na Câmara dos Representantes, contou com os votos favoráveis de 162 senadores e 134 contra.
A reforma prevê que volte a haver apenas um professor no ensino primário e que a carga horária seja reduzida de cerca de 30 para 24 horas semanais. As verbas destinadas a este nível de ensino devem sofrer um corte de 7,8 mil milhões de euros nos próximos quatro anos.
Apesar de a reforma atingir apenas o primário, estudantes e professores do secundário e do ensino universitário juntaram-se aos protestos.
Para quinta-feira está convocada uma greve geral.