Última hora

Última hora

Reforma educativa em Itália provoca violentos protestos

Em leitura:

Reforma educativa em Itália provoca violentos protestos

Tamanho do texto Aa Aa

Violência e protestos marcaram a aprovação da polémica reforma educativa do governo italiano.

Em Roma, a praça Navona, transformou-se num verdadeiro campo de batalha entre apoiantes e opositores à reforma.

Rodeados por um forte dispositivo de segurança, os manifestantes juntaram-se à porta do Senado para criticar as políticas da ministra da educação.

A reforma aprovada hoje pelo Senado prevê a redução do número de professores e das horas de aulas semanais.

O chefe do governo italiano, Silvio Berlusconi, acusou a esquerda de manipular os estudantes:

“Estes manifestações são uma forma de enganar os estudantes porque o decreto sobre a escola primária não lhes diz respeito e nada foi ainda decidido em relação à universidade”.

O governo prevê reduzir o orçamento do ensino superior em 1,5 mil milhões de euros nos próximos cinco anos.

Para esta quinta-feira, está prevista uma greve geral da educação, convocada pelos três principais sindicatos italianos.