Última hora

Última hora

Obama aposta em vídeo de campanha de 30 minutos

Em leitura:

Obama aposta em vídeo de campanha de 30 minutos

Tamanho do texto Aa Aa

Trinta minutos no horário nobre de três das principais cadeias televisivas norte-americanas.

Foi esta a aposta de Barack Obama num vídeo que chegou esta noite a milhões de lares nos Estados Unidos com o objectivo de, como sublinhou a campanha democrata, “precisar o programa” do seu candidato à Casa Branca.

O “apelo” democrata custou mais de três milhões de dólares e foi realizado por Davis Guggenheim, vencedor de um Óscar pelo documentário de Al Gore, “Uma Verdade Inconveniente”.

Obama anunciou esta quarta-feira que poderá integrar republicanos num futuro Governo.

Uma declaração feita na Flórida, Estado onde o candidato democrata participou num comício tardio com Bill Clinton.

A aparição em Orlando constitui o primeiro acto conjunto de campanha do senador do Illinois e do ex-presidente norte-americano.

Também na Flórida, o candidato republicano aproveitou a difusão do “spot televisivo” de Obama para atacar o adversário.

John McCain disse que o rival “assumiu o compromisso de financiar a campanha com fundos públicos”, mas “quando foi do seu interesse quebrar essa promessa, atirou-a para o lado como se não fosse nada”.

McCain afirmou ainda que Obama “é o primeiro candidato desde o escândalo Watergate a abandonar o sistema de financiamento público”.

A seis dias das presidenciais, Obama continua a liderar em todas as sondagens.