Fechar
Login
Por favor, introduza os seus dados de login

Skip to main content

O crescimento económico norte-americano abrandou menos do que o previsto no terceiro trimestre de 2008.

O PIB dos Estados Unidos regrediu 0,3% em relação ao período homólogo de 2007, o que corresponde à sua mais forte queda em sete anos e à primeira do Produto Interno Bruto desde o último trimestre de 2007.

Os economistas apontavam para uma contracção do crescimento económico de 0,5%. Apesar dos valores menos dramáticos do que o previsto, a maioria dos analistas acredita que os Estados Unidos não vão conseguir escapar à recessão económica.

De facto a degradação das perspectivas económicas é uma realidade. O consumo caiu 3,1% entre Julho e Setembro ao ritmo anual. Esta foi a primeira redução desde o último trimestre de 1991 e a segunda mais significativa desde o segundo trimestre de 1980.

O poder de compra teve uma quebra de 8,7%, e constituiu um dos principais factores, juntamente com a falta de investimentos das empresas e a estagnação do mercado imobiliário, que contribuíram para a queda do PIB.

A impedir um abrandamento económico ainda mais importante esteve uma ligeira subida das exportações e das despesas públicas.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre