Última hora

Última hora

95% de vítimas do sismo no Paquistão ainda sem ajuda humanitária

Em leitura:

95% de vítimas do sismo no Paquistão ainda sem ajuda humanitária

Tamanho do texto Aa Aa

A ajuda humanitária chega a conta gotas ao Baluchistão onde esta semana um sismo de 6.4 na escala de Richter matou entre 200 a 300 pessoas. Pelo menos 45 mil são vítimas da tragédia, perto de 20 mil ficaram sem casa. Só foram fornecidas por enquanto mil e quinhentas tendas e 15 toneladas de alimentos.

O exército e as equipas de socorro conseguiram chegar apenas a cinco por cento da população afectada. As crianças são as mais prejudicadas e estão também em maior número entre os residentes. Calcula-se que entre 25 e 30 mil apresentem problemas de saúde de diversos níveis, incluíndo do foro psicológico.

As mulheres, muitas não estão a ser tratadas num hospital devido a costumes ancestrais. O acesso à ajuda humanitária é cada vez mais urgente para muitos devido às noites frias e à falta de abrigos. A Arábia Saudita prometeu uma ajuda de 100 milhões de dólares.