Última hora

Última hora

Ausência de Kim Jong-il num funeral relança rumores sobre estado de saúde

Em leitura:

Ausência de Kim Jong-il num funeral relança rumores sobre estado de saúde

Tamanho do texto Aa Aa

Aumentam os rumores sobre o estado de saúde de Kim Jong-il após uma nova ausência numa cerimónia de Estado. Desta vez o funeral de uma alta figura do regime norte-coreano.

Pak Song-chol tinha 95 anos. Era considerado o último grande revolucionário original. Pak esteve envolvido na fundação do regime comunista e trabalhou ao lado do pai de Kim Jong-il.

No passado, o actual líder norte-coreano assistiu a funerais menos importantes, daí a intensificação dos rumores.

Esta semana, o primeiro-ministro japonês, Taro Aso, afirmou que Kim Jong-il está hospitalizado, mas continua a chefiar o país. Informação avançada também pelos serviços secretos sul-coreanos.

Segundo os rumores, Kim Jong-il terá sofrido um ataque este Verão. Em Setembro, já não assistiu a uma outra cerimónia de Estado: as comemorações do 60° aniversário do regime.

Pyongyang procura acabar com os rumores. No início de Outubro, os meios de comunicação oficiais norte-coreanos revelaram fotografias do líder durante uma visita. Mas para as autoridades da Coreia do Sul as fotos foram tiradas muitos antes da data anunciada.