Última hora

Última hora

CE prevê forte desaceleração na Eurozona

Em leitura:

CE prevê forte desaceleração na Eurozona

Tamanho do texto Aa Aa

O crescimento económico da Europa vai passar a uma velocidade inferior, este ano e no próximo. É o que dizem as novas previsões da Comissão Europeia, publicadas agora.

As previsões foram revistas em baixa no que toca à maioria dos países. O comissário Joaquín Almunia explica: “A situação nos mercados é precária e a crise ainda não acabou. Isto significa um crescimento mais fraco, uma crise que abala as perspectivas macro económicas de vários países. Pela positiva, as pressões inflaccionistas estão a abrandar, mas também é verdade que este abrandamento, com excepção para o petróleo, é o reflexo de uma quebra na procura”.

Se, este ano, o crescimento previsto nos 15 países da Eurozona é de 1,2%, já para 2009 prevê-se um PIB a crescer apenas 0,1%. A economia dos Quinze deve voltar a ganhar algum fôlego em 2010 e crescer 0,9%. Todos os valores foram fortemente revistos em baixa, relativamente às estimativas anteriores.

A economia a perder vigor e a inflacção a abrandar é um cocktail que encoraja o Banco Central Europeu a baixar o preço do dinheiro. Na reunião da próxima semana, prevê-se que a instituição dirigida por Jean-Claude Trichet corte a taxa de juro de referência em meio ponto, à semelhança do que já foi feito pela Reserva Federal americana.

O corte nos juros deve repetir-se em Abril. Os juros podem mesmo descer até aos 2% até ao fim do ano.