Última hora

Última hora

Barack Obama: "Somos e sempre seremos os Estados Unidos da América"

Em leitura:

Barack Obama: "Somos e sempre seremos os Estados Unidos da América"

Tamanho do texto Aa Aa

Por toda a América, a eleição de Barack Obama suscitou uma onda de entusiasmo que promete renovar o sonho americano.

Após uma campanha eufórica e uma ida às urnas como já não se via há cem anos, milhões de americanos celebram, com emoção, a esperança da mudança que o novo preisdente democrata encarna.

No discurso da vitória, em Chicago, Obama garantiu que o sonho americano está mais vivo do que nunca:

“Esta é a resposta de novos e velhos ricos e pobres, democratas e republicanos, negros, brancos, hispânicos, asiáticos, índios americanos, gays, heteros, deficientes e não deficientes. É a América que envia uma mensagem ao mundo. Nunca fomos apenas uma junção de pessoas ou de estados vermelhos ou azuis. Somos e sempre seremos os Estados Unidos da América”.

Apesar da crise e da incerteza, na Times Square em Manhattan, viveram-se momentos de euforia.

Barack Obama é, para milhões de pessoas, o símbolo de uma mudança de paradigma, como afirma uma eleitora:

“Estou sem palavras. Esperei tanto tempo por este momento. Quando era criança era obrigada a viajar no fundo dos autocarros quando ia para o sul, e , não só já não tenho de ir para o fundo do autocarro é mais do que isso, é a percepção de que agora os Estados Unidos vão ser uma verdadeira potência mundial porque toda a gente se uniu em torno do mesmo objectivo, por isso estou sem palavras”.

Um nova-iorquino diz que vive um momento ímpar:

“Tinha de participar nesta festa porque é incrível, é um dia histórico, nunca se viu nada assim, é extraordinário”.

Em Washington, a eleição do primeiro presidente afro-americano da história dos Estados Unidos é festejada intensamente…Começou a contagem decrescente para Obama entrar na Casa Branca, a 20 de Janeiro.