Última hora

Última hora

O dia seguinte nos Estados Unidos

Em leitura:

O dia seguinte nos Estados Unidos

Tamanho do texto Aa Aa

A terceira maior cidade norte-americana foi palco da grande festa da vitória democrata. Em Chicago o sentimento de mudança é semelhante ao existente na maioria dos Estados Unidos.

Há quem veja na eleição de Barack Obama um impulso para as novas gerações. “A última noite foi a coisa mais fantástica que me aconteceu e à minha geração. Sinto em particular para a minha geração – tenho 22 anos – É um pouco passiva. Esta foi a primeira coisa que de facto nos mobilizou e nos excitou”, diz uma jovem.

Sejam de quem vende “t-shirts” ou de quem come num restaurante, as opiniões assemelham-se quando se trata de aferir os desafios que o presidente eleito tem pela frente. “Sem, dúvida, ele vai herdar uma enorme responsabilidade e inúmeros problemas mas ele esta à altura”, refere um cidadão.

Uma das figuras da vitória de Obama é uma mulher que assistiu à transformação da sociedade americana. Anne Nixon Cooper tem 104 anos. “Nunca pensei que fosse possível”, disse.

Anne Nixon foi referenciada por Obama no discurso da vitória. A antiga activista dos direitos dos negros viveu a verdadeira mudança social americana. É de uma época em que não podia votar, por dois motivos. Primeiro: era de cor; segundo: era mulher.