Última hora

Última hora

Festa no Reino do Butão pelo produto interno de felicidade

Em leitura:

Festa no Reino do Butão pelo produto interno de felicidade

Tamanho do texto Aa Aa

O pequeno reino budista do Butão coroou hoje o novo soberano de 28 anos, licenciado em Oxford, que vai ter a dura tarefa de prosseguir a democratização e desenvolvimento do país.

Jigme Khesar Namyel Wangchuck, o mais jovem rei do mundo, estava já à frente dos destinos do país desde que o seu pai abdicou, em 2006, fazendo transitar o Butão para uma monarquia constitucional. O pequeno reino fica na região dos Himalaias, entre a China e a Índia.

A coroação do quinto rei herdeiro da nação budista foi feita em função das previsões de vários astrólogos, que determinaram que o dia 6 de Novembro era a jornada mais auspiciosa para a cerimónia.

O Butão, onde vivem 600 mil pessoas, dá muita importância a um bom balanço entre o mundo espiritual e o mundo material e mesmo o governo já se comprometeu com o princípio real conhecido por “Produto Interno de Felicidade”.

Milhares de dignitários estrangeiros, incluindo o Presidente da Índia, deslocaram-se ao Butão para assistirem à coroação.

A coroa foi depositada na cabeça do novo rei pelo seu pai, Jigme Singye Wangchuck, 52 anos, que abdicou do poder em 2006 como parte de um plano de cinco anos que tem como objectivo introduzir lentamente a democracia no país.